Skip to content

O que se aprende em Gestão da Tecnologia da Informação?

A área de Tecnologia da Informação, também conhecida como TI, tem sido nos últimos anos um dos principais alvos de escolha daqueles que buscam iniciar um faculdade. Dentro dela, um curso em especial tem chamado bastante atenção devido ao alto número de matrículas: Gestão de Tecnologia da Informação.

E claro, entre as opções de modalidade existentes, o EAD cresce enormemente entre os futuros profissionais desse campo de atuação, pelo fato de possuir a mesma grade curricular do presencial, mas com uma série de outras vantagens sobre as quais falaremos mais adiante.

Antes de mais nada é importante que você saiba o que se aprende em Gestão da Tecnologia da Informação durante os, pelo menos, 30 meses, ou cinco semestres, em que estará estudando. As disciplinas são as seguintes:

• Prática Textual em Língua Portuguesa
• Educação Ambiental e Cidadania
• Introdução à Computação
• Matemática Aplicada
• Direitos Humanos e Relações Étnico Raciais
• Algoritmos e Programação
• Língua Brasileira de Sinais - Libras
• Comunicação Empresarial
• Gestão de Governança em TI
• Estrutura de Dados
• Sistemas Operacionais
• Redes de Computadores
• Estatística Aplicada
• Modelos de Gestão
• Arquitetura e Organização de Computadores
• Gestão de Pessoas
• Engenharia de Software
• Direito Empresarial
• Gestão da Segurança da Informação
• Gestão de Projetos
• Tópicos Especiais em Gestão da TI
• Lógica de Programação
• Cálculo (Diferencial e Integral)
• Análise de Sistemas
• Gerenciamento de Banco de Dados
• Gestão da Tecnologia da Informação
• Introdução à Virtualização
• Gestão de Serviços em TI
• Tecnologia Web
• Sistemas Inteligentes
• Administração Financeira
• Empreendedorismo
• Segurança e Auditoria de Sistemas

Como você pôde ver, a grande maioria das disciplinas são voltadas especificamente ao ramo da Tecnologia da Informação e Comunicação, mas há ainda disciplinas como Prática Textual em Língua Portuguesa, Educação Ambiental e Cidadania, Direitos Humanos e Relações Étnico Raciais, por exemplo, que em um primeiro momento podem parecer desnecessárias, mas acredite, serão de grande utilidade não apenas ao ingressar no mercado de trabalho, mas para a vida.

Além de todas essas disciplinas acima listadas, quem faz o curso de Tecnologia da Informação precisa também realizar as atividades integradoras.

O material didático com o qual irá estudar é você quem escolhe, podendo ser livros impressos, videoaulas em DVD’s ou ainda esses mesmos conteúdos em suas versões online. Seja material físico ou digital, sempre haverá a certeza de que aquilo que você leu ou assistiu é exatamente o mesmo que será cobrado na prova. Portanto, basta estudar que o diploma é garantido.

A realidade é uma só, ao se matricular e iniciar sua faculdade de Tecnologia da Informação, você terá todo o necessário para, ao concluir os estudos, já sair pronto para o mercado de trabalho. E acredite, como essa é uma área cada dia mais fundamental para o andamento de toda e qualquer empresa, as oportunidades oferecidas serão muitas e certamente não demorará para que você esteja inserido.

Parabéns por ter escolhido cursar Gestão da Tecnologia da Informação! E parabéns também por ter optado pela melhor modalidade de ensino para te levar ao sonhado diploma! Pode ter certeza que isso fará de você um dos melhores profissionais da área.

O que se aprende em Gestão da Tecnologia da Informação?

A área de Tecnologia da Informação, também conhecida como TI, tem sido nos últimos anos um dos principais alvos de escolha daqueles que buscam iniciar um faculdade. Dentro dela, um curso em especial tem chamado bastante atenção devido ao alto número de matrículas: Gestão de Tecnologia da Informação.

E claro, entre as opções de modalidade existentes, o EAD cresce enormemente entre os futuros profissionais desse campo de atuação, pelo fato de possuir a mesma grade curricular do presencial, mas com uma série de outras vantagens sobre as quais falaremos mais adiante.

Antes de mais nada é importante que você saiba o que se aprende em Gestão da Tecnologia da Informação durante os, pelo menos, 30 meses, ou cinco semestres, em que estará estudando. As disciplinas são as seguintes:

• Prática Textual em Língua Portuguesa
• Educação Ambiental e Cidadania
• Introdução à Computação
• Matemática Aplicada
• Direitos Humanos e Relações Étnico Raciais
• Algoritmos e Programação
• Língua Brasileira de Sinais - Libras
• Comunicação Empresarial
• Gestão de Governança em TI
• Estrutura de Dados
• Sistemas Operacionais
• Redes de Computadores
• Estatística Aplicada
• Modelos de Gestão
• Arquitetura e Organização de Computadores
• Gestão de Pessoas
• Engenharia de Software
• Direito Empresarial
• Gestão da Segurança da Informação
• Gestão de Projetos
• Tópicos Especiais em Gestão da TI
• Lógica de Programação
• Cálculo (Diferencial e Integral)
• Análise de Sistemas
• Gerenciamento de Banco de Dados
• Gestão da Tecnologia da Informação
• Introdução à Virtualização
• Gestão de Serviços em TI
• Tecnologia Web
• Sistemas Inteligentes
• Administração Financeira
• Empreendedorismo
• Segurança e Auditoria de Sistemas

Como você pôde ver, a grande maioria das disciplinas são voltadas especificamente ao ramo da Tecnologia da Informação e Comunicação, mas há ainda disciplinas como Prática Textual em Língua Portuguesa, Educação Ambiental e Cidadania, Direitos Humanos e Relações Étnico Raciais, por exemplo, que em um primeiro momento podem parecer desnecessárias, mas acredite, serão de grande utilidade não apenas ao ingressar no mercado de trabalho, mas para a vida.

Além de todas essas disciplinas acima listadas, quem faz o curso de Tecnologia da Informação precisa também realizar as atividades integradoras.

O material didático com o qual irá estudar é você quem escolhe, podendo ser livros impressos, videoaulas em DVD’s ou ainda esses mesmos conteúdos em suas versões online. Seja material físico ou digital, sempre haverá a certeza de que aquilo que você leu ou assistiu é exatamente o mesmo que será cobrado na prova. Portanto, basta estudar que o diploma é garantido.

A realidade é uma só, ao se matricular e iniciar sua faculdade de Tecnologia da Informação, você terá todo o necessário para, ao concluir os estudos, já sair pronto para o mercado de trabalho. E acredite, como essa é uma área cada dia mais fundamental para o andamento de toda e qualquer empresa, as oportunidades oferecidas serão muitas e certamente não demorará para que você esteja inserido.

Parabéns por ter escolhido cursar Gestão da Tecnologia da Informação! E parabéns também por ter optado pela melhor modalidade de ensino para te levar ao sonhado diploma! Pode ter certeza que isso fará de você um dos melhores profissionais da área.

Como funciona o Polypodium leucotomos no auxílio do tratamento do Mal de Alzheimer

O Mal de Alzheimer é uma doença que se caracteriza pela perda da memória de curto prazo, podendo provocar quadros de demência. É mais incidente em idosos a partir de 60 anos de idade, chegando a prejudicar sua qualidade de vida.

Trata-se de uma doença neurodegenerativa que não tem cura, mas existe uma forma de retardar seu desenvolvimento: o uso de Polypodium leucotomos. Conheça, aqui, o que é e como ele auxilia no tratamento de Alzheimer.


O que é Polypodium leucotomos?

Polypodium leucotomos é uma planta da América Central. Também é conhecida como anapsos e é um tipo de samambaia que tem propriedades anti-inflamatórias, é capaz de inibir os leucotrienos (lipídios que controlam diversos sistemas do organismo) e suprimir as citocinas (proteína capaz de modular células).


Polypodium leucotomos e o Mal de Alzheimer

Mas, afinal, como o Polypodium leucotomos pode auxiliar no tratamento do Alzheimer? Curiosamente, a planta desempenha o papel de um poderoso estimulante cerebral, o que foi comprovado cientificamente por um estudo com pacientes portadores de Alzheimer.

Aqueles que receberam a dose de 360mg de extrato de Polypodium leucotomos apresentaram uma melhora expressiva na cognição e atividade cerebral, além de aumento do fluxo sanguíneo nessa região, de modo a minimizar os efeitos da doença.

É importante ressaltar que essa pesquisa não indica que a planta cure o Alzheimer, porque a doença não tem cura. Além disso, não quer dizer que o paciente deva abandonar o tratamento indicado pelo médico.

O recomendado é utilizar o Polypodium leucotomos como coadjuvante, para potencializar os resultados proporcionados pelo tratamento indicado pelo profissional da saúde.


Benefícios extras do Polypodium leucotomos

Além de atuar na melhora da atividade cerebral, o Polypodium leucotomos também proporciona outros benefícios especiais, como os que são listados a seguir:

• Efeito fotoprotetor, prevenindo o fotoenvelhecimento;
• Ação antioxidante, combatendo radicais livres que podem prejudicar o funcionamento de células do organismo;
• Atividade cicatrizante e antitumoral;
• Capacidade de modulação da imunidade;
• Proteção do DNA celular, de modo a minimizar o risco de mutações e desenvolvimento de câncer.


Como tomar Polypodium leucotomos?

O Polypodium leucotomos é disponibilizado em cápsulas, o que facilita sua ingestão e possibilita levar o remédio manipulado para qualquer lugar, tendo-o sempre às mãos.

A posologia é simplificada, sendo recomendada a ingestão de 360mg por dia, o que equivale a uma cápsula. Indica-se o consumo do produto logo pela manhã, após o café, com um pouco de água ou conforme recomendação do médico.


Efeitos colaterais e contraindicações

Não existem registros de efeitos colaterais do Polypodium leucotomos, desde que tomado na dosagem diária recomendada e se a pessoa não tiver alergia a um dos componentes da fórmula do produto.

No que se refere às contraindicações, não é recomendado para pacientes diabéticos, uma vez que pode induzir a hiperglicemia. Além disso, também não é indicado para pessoas diagnosticadas com úlcera gastroduodenal.

Ainda está em dúvida se o Polypodium leucotomos pode ser administrado para o idoso portador de Alzheimer? Neste caso, a recomendação é consultar o médico responsável pelo Alzheimer tratamento para obter a orientação exata.

Diferença entre Inbound e Outbound Marketing

O inbound e outbound marketing são ferramentas tradicionalmente utilizadas para captação de clientes, divulgação de produtos e serviços e realização de vendas.

Mas, qual a diferença entre elas e qual é a mais apropriada para sua empresa? A seguir, respondemos essas questões. Confira e conheça mais sobre ambas estratégias.


Inbound e outbound marketing: principais diferenças


Uma forma simples de saber as principais diferenças entre inbound e outbound marketing é conhecer essas estratégias. Veja, a seguir, o que é cada uma delas:

Inbound marketing


O inbound marketing é exclusivamente realizado no universo online, com a finalidade de influenciar a decisão de compra de clientes e potenciais clientes, sempre de forma sutil e não invasiva.

Para isso, trabalha-se com marketing de conteúdo, que consiste na criação e distribuição de conteúdo (texto, áudio, vídeo, entre outros formatos) com informações relevantes ao público-alvo da empresa.

Esse conteúdo normalmente ajuda a esclarecer dúvidas e solucionar problemas, por isso agrega valor, gera engajamento e ajuda a empresa a se tornar autoridade e referência no segmento de atuação.

Os resultados são positivos à empresa, que consegue estabelecer um relacionamento de confiança com seu público-alvo, aumentar sua taxa de conversão e realizar mais vendas.

É interessante ressaltar que projetos de inbound marketing são baseados em cinco etapas fundamentais:

1. Atrair visitantes ao site ou página, por meio da criação e distribuição de conteúdo;
2. Converter em leads (aqueles que demonstraram interesse num produto);
3. Relacionar, etapa que possibilita o amadurecimento dos leads e conhecimento de seu real interesse na compra de um produto, facilitando e garantindo maior assertividade numa abordagem;
4. Vender, com conversão do lead em cliente;
5. Analisar resultados, para otimizar o trabalho e aumentar ao máximo o retorno.

Outbound marketing


O outbound marketing é o marketing tradicional feito em mídias impressas e televisivas, podendo ser expandido, também, para campanhas de telemarketing e rádio, entre outras ações. É considerado invasivo, voltado para a comunicação em massa.

Sua finalidade é gerar divulgação e vendas de forma rápida, sem estabelecimento de relacionamento duradouro com o cliente ou geração de autoridade no segmento de atuação.

Na prática, significa que pode trazer resultados rapidamente, se a ação for bem desenvolvida e tiver sucesso, mas as chances de fidelização do cliente são reduzidas, a notoriedade da marca não é durável e não se tem resultados em médio e longo prazos.


Inbound e outbound marketing: qual escolher?



A escolha da estratégia perfeita a ser adotada deve levar em consideração alguns fatores:

1. Resultados: o inbound marketing entrega melhores resultados em médio e longo prazo, com a captação de clientes, estabelecimento de relacionamento duradouro, transformação da marca em autoridade, conversão em vendas e fidelização de clientes;
2. Custos: uma ação de inbound marketing tem custo baixo, principalmente em comparação ao trabalho de outbound marketing;
3. Mensuração de resultados: o inbound marketing possibilita a mensuração e análise de resultados, muitas vezes em tempo real, podendo alterar a estratégia imediatamente para atingir os objetivos desejados. No outbound marketing, a mensuração só é possível com pesquisas demoradas e caras.

Considerando esses fatores, o inbound marketing tem vantagem. Quer investir nessa estratégia? Contrate uma agência de inbound marketing!

Diferenças entre cursar Ciências Contábeis EAD e presencial

Ingressar em uma faculdade requer muita pesquisa por parte do aluno, principalmente na hora de decidir se irá cursar a faculdade de contabilidade a distância ou presencialmente.

Por isso, nesse texto, vamos falar sobre os pontos similares entre esses dois formatos de estudos, principalmente do curso de Ciências Contábeis. Então, você pode decidir qual é o melhor método de ensino para você e assim conseguir escolher uma boa instituição de ensino.

Portanto, vamos começar falando das semelhanças existentes entre os dois cursos.

Semelhanças dos cursos presenciais e a distância:

Qualidade do ensino: A qualidade de ensino e as diretrizes definidas pelo Ministério da Educação (MEC) são as mesmas, tanto para a graduação EAD quanto para a presencial.

Certificado de conclusão: Outro ponto que não muda é o certificado de conclusão do curso. Ele é o mesmo para os dois formatos e, na faculdade a distância, não há nenhum informação que mostre que o aluno completou o curso no formato EAD.

Duração: A duração do curso é a mesma para as duas modalidades. Tanto o curso presencial quanto o EAD devem ter a carga horária que é estipulada pelo MEC.

Grade curricular: Da mesma maneira que o tempo de duração, as disciplinas a serem estudadas são as mesmas.

Ou seja, os os dois formatos, possuem a mesma qualidade de ensino, mas a faculdade a distância garante algumas vantagens a mais. E cada vez mais pessoas estão percebendo essa facilidade da graduação EAD.
Diferenças entre o ensino a distância e o presencial.

Apesar de terem semelhanças muito importantes, as duas modalidades têm algumas diferenças que fazem com que os cursos a distância se destaquem. Para te ajudar no processo de escolha, separamos algumas, confira:

Onde e como estudar: A graduação EAD possibilita que você estude quando e onde quiser. Isso acontece porque as aulas, normalmente, são disponibilizadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), e para visualizar esse espaço, você precisa apenas de um dispositivo com acesso a internet. Assim, pode aproveitar melhor os intervalos do seu dia e estar presente em uma faculdade a distância, sem precisar estar lá fisicamente. Algumas instituições também oferecem outros formatos de materiais de ensino, como livros impressos e DVDs com videoaulas, assim o aluno não depende nem do acesso a internet.

Economia: A economia de dinheiro é um dos aspectos que atrai muitos alunos. Afinal, a mensalidade de um curso de ciências contábeis ead tende a ser muito menor do que a de um curso presencial. Mas, não confunda preço baixo com qualidade inferior. A faculdade a distância só consegue aderir um valor menor, porque não precisa manter uma grande estrutura física para receber seus alunos, já que eles não precisam se deslocar para estudar. Assim, também não possuem os gastos dessa estrutura e podem repassar essa economia para os seus estudantes.

Então, agora que você já sabe as diferenças e semelhanças entre a faculdade de ciências contábeis a distância e a presencial, ficou fácil notar que o curso EAD é muito mais prático e atraente. Agora está na hora de começar a pesquisar uma instituição cadastrada pelo MEC e realizar seu sonho de ser um contador de sucesso.

5 dicas para acompanhar o rendimento de estudos dos filhos durante a pandemia do coronavírus

A pandemia da doença coronavirus (COVID-19) aumentou a vida familiar em todo o mundo. Fechamento de escolas, trabalho remotamente, distanciamento físico - é muito para navegar para os pais para navegar. Robert Jenkins, chefe Global de Educação da UNICEF, oferece cinco dicas para ajudar a manter a educação infantil no caminho certo enquanto estão em casa.


1. Planear uma rotina juntos

Tente estabelecer uma rotina que fatores em programas de educação adequados à idade que podem ser seguidos online, na televisão ou através do rádio. Além disso, fator no tempo de jogo e tempo de leitura. Use as atividades diárias como oportunidades de aprendizagem para seus filhos. E não se esqueça de criar esses planos juntos sempre que possível.

Embora estabelecer uma rotina e estrutura é extremamente importante para crianças e jovens, nestes tempos você pode notar que seus filhos precisam de algum nível de flexibilidade. Muda as tuas actividades. Se o seu filho está a parecer inquieto e agitado quando está a tentar seguir um programa de aprendizagem online com eles, vire-se para uma opção mais activa. Não se esqueça de que o planejamento e fazer tarefas domésticas juntos com segurança é ótimo para o desenvolvimento de funções motoras finas e grosseiras. Tente ficar o mais sintonizado possível com as suas necessidades.

2. Ter conversas abertas

Incentive seus filhos a fazer perguntas e expressar seus sentimentos com você. Lembre-se que o seu filho pode ter reacções diferentes ao stress, por isso seja paciente e compreensivo. Comece por convidar o seu filho para falar sobre o assunto. Descobre o quanto eles já sabem e segue as suas instruções. Discutir boas práticas de higiene. Você pode usar os momentos do dia-a-dia para reforçar a importância de coisas como a lavagem à mão regular e completa. Certifique-se de que está num ambiente seguro e permita que o seu filho fale livremente. Desenhar, histórias e outras atividades podem ajudar a abrir uma discussão.

Tente não minimizar ou evitar as suas preocupações. Certifique-se de reconhecer seus sentimentos e assegurar-lhes que é natural sentir medo com essas coisas. Demonstre que está a ouvir, dando-lhes toda a sua atenção, e certifique-se de que compreendem que podem falar consigo e com os seus professores sempre que quiserem. Alertem – nos sobre notícias falsas e encorajem – nos-e lembrem-se-a usar fontes de informação fidedignas, como a orientação da UNICEF.

3. Não tenhas pressa

Comece com sessões de aprendizagem mais curtas e torná-las progressivamente mais longas. Se o objetivo é ter uma sessão de 30 ou 45 minutos, começar com 10 minutos e construir a partir daí. Dentro de uma sessão, combine tempo online ou de tela com atividades ou exercícios offline.

4. Proteger as crianças em linha

As plataformas digitais proporcionam às crianças a oportunidade de continuar a aprender, participar em jogos e manter contacto com os seus amigos. Mas o aumento do acesso online traz riscos acrescidos para a segurança, proteção e privacidade das crianças. Discuta a internet com seus filhos para que eles saibam como ela funciona, o que eles precisam estar cientes, e qual o comportamento apropriado se parece com as plataformas que eles usam, como Chamadas de vídeo.

Estabelecer regras em conjunto sobre como, quando e onde a internet pode ser utilizada. Criar um controlo parental sobre os seus dispositivos para reduzir os riscos em linha, em especial para as crianças mais jovens. Identificar ferramentas online adequadas para recreação em conjunto-organizações como os meios de comunicação de bom senso oferecem conselhos para aplicações, jogos e outros entretenimento online adequados à idade. No caso de cyberbullying ou de um incidente de conteúdo inadequado em Linha, estar familiarizado com a escola e outros mecanismos de comunicação locais, mantendo à disposição o número de linhas de apoio e linhas diretas.

Não se esqueça que não há necessidade de crianças ou jovens para compartilhar fotos de si mesmos ou outras informações pessoais para acessar a aprendizagem digital.

5. Mantenha contato com as instalações de educação de seus filhos

Saiba como ficar em contato com o professor ou escola de seus filhos para ficar informado, fazer perguntas e obter mais orientação. Grupos de pais ou grupos comunitários também podem ser uma boa maneira de se apoiar uns aos outros com a sua educação em casa.

O que é GDAE? Como usar para acessar o boletim escolar

O GDAE (Gestão Dinâmica de Administração Escolar) é um órgão da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo que serve para armazenar o histórico escolar dos estudantes e facilitar o acompanhamento do rendimento dos alunos por parte de pais e professores.

Fazer a inscrição no GDAE é fácil, visto que o sistema online fica disponível na internet e basta incluir os dados para fazer login no sistema. Por meio do portal é possível saber a disponibilidade de escolas, saber datas de matrículas, fazer rematrículas e transferências de alunos ou classes. Mas atenção, só funciona para as escolas que integram a Secretaria de Educação. Assim, é possível agrupar um panorama geral a respeito da educação escolar pública do Estado de São Paulo, tornando os dados transparentes para os usuários e, ao mesmo tempo, reunindo-os para que possam ser usados pelas autoridades.

Na parte de Cadastro de Alunos os professores e profissionais da educação podem realizar o cruzamento de dados para verificar a demanda e a oferta de vagas nas escolas de rede pública.



Como se cadastrar e ter acesso ao GDAE?

Para aquelas pessoas que desejam se cadastrar no GDAE o processo é extremamente simples e basta seguir alguns passos básicos. Primeiro, entrar no sistema por meio do link: https://sed.educacao.sp.gov.br/

Feito isso clique em "fazer login" e preencha os dados de usuáio e senha. Caso ainda não seja cadastrado clique em "Gdae Inscrição" e escolha qual a modalidade de cadastro, se aluno, professor e servidores do Estado ou Pais/Responsável.

https://www.inscricao2020.com.br/wp-content/uploads/2019/08/login-no-gdae.png

Dicas para estudar à distância pela internet em tempos de quarentena

A solução para muitos colégios e universidades foram as aulas on-line em meio ao isolamento social devido ao novo Coronavírus. Mas não tem sido uma tarefa fácil. Professores migraram em tempo recorde para a modalidade virtual. Especialistas chamam a que nesse formato os alunos possam continuar a exercer seu direito à educação, sem somar mais ansiedade para a vivência atual. Para tirara as dúvidas é sempre bom ter como um aliado um site de educação, assim, evitará os erros de português e erros nas tarefas de casa. Entretanto, até chegar lá tem um grande caminho, sobretudo para exercitar a concentração.

Estudantes de diferentes níveis têm visto interrompida suas aulas pelo coronavírus. O fechamento de escolas e universidades, alcançou a mais de 89% dos estudantes do mundo, isto é, 1,54 bilhões de meninos, meninas e jovens, anunciou recentemente a Unesco. Com isso, mais de 60 milhões de docentes deixaram de ensinar em sala de aula.

1. ESCOLHA O LUGAR IDEAL

Atribui, em sua casa, uma área bem iluminada, com calma e com espaço suficiente, a fim de que se possa concentrar em suas aulas.

Trata de evitar lugares em que seus pais ou irmãos costumam estar, pois, embora eles estejam fazendo home office, se podem distrair com alguma palestra.

2. MANTENHA A SUA ROTINA

Acorda à mesma hora e use como se fosse a aulas presenciais, isso irá ajudar a que sua mente se prepare para se concentrar.

Lembre-se que é horário de aula, não fiques em pijama: na maioria dos videoenlaces certamente pedirão ter ignição o vídeo para melhorar a interação.


3. CONFORTÁVEL, MAS SEM DISTRAÇÕES

Tenha em conta que você vai estar na sala de aula a partir de sua casa, mas não deixar que isso se torne um potencial fator de distração, quanto mais longe estiver da cama o melhor!

Seu maior desafio será o de ignorar os distrações durante cada sessão; há que reafirmar as regras de uma sala de aula e prestar atenção em cada momento.



4. EQUIPA-TE COM O NECESSÁRIO

Prepare o seu equipamento de computação, e confira que funcione corretamente com a sua câmara web.

Também inclui uns fones de ouvido, de preferência de mãos-livres com um bom microfone para que você ouve e te ouçam bem.

É normal que, por estar em tua casa, e entre a tua mãe ou tua irmã no quarto, ou falam com você quando estiver em sala de aula; essas situações 'cômicas' podem, por vezes, interromper a sua atenção em sala de aula, por isso é bom ter fones de ouvido postos.

Além disso, tenha à mão um caderno e uma caneta para fazer anotações, como sempre, e é o lugar onde você vai ter aulas conte com uma conexão de luz para o seu computador.
5. QUE NÃO LHE CAIA O SINAL

É o lugar onde você estuda tenha um sinal estável de wi-fi. Você pode melhorar a qualidade da sua ligação ao estar perto do router ou com um cabo de rede LAN.

Um bom sinal de ajudá-lo a que o teu professor não fica "congelado", lembre-se que as aulas em videoconferência tendem a consumir boa parte da largura de banda de sua rede.

6. PLANEJE SEUS HORÁRIOS

Crie um plano de estudos, tendo em conta o horário que você vai usar durante o dia, também pode incluir um logotipo da sua breaks de 10 ou 15 minutos depois de cada classe. Não se esqueça de atribuir a sua hora de almoço.

Planeie as suas datas e dias de entrega de tarefas, trabalhos e exames. Existem apps como TickTick e To Do Reminder que podem facilitar essa tarefa.

É importante que tenha mecanismos de gestão e controle para gerar horários de atividade acadêmica como se estivessem em aulas presenciais.

7. PRIORIZA: É O SEU TEMPO DE ESTUDO

Faça uma lista dos trabalhos que entregas a cada dia e evita que se acumule a carga de brincos.

Informa também a sua família, quais são os horários de estudo e atividades acadêmicas, já que é importante o seu apoio para que não se misture com o tempo de dinâmica familiar ou com tarefas do lar.

8. LEVANTA A MÃO PARTICIPE!

Não te escondas em videoconferência, participa como se estivesse em sala de aula presencial; todos os integrantes da chamada podem participar de forma dinâmica, têm mesmo botões para levantar a mão.

As melhores universidades do Brasil para tentar a sua vaga

Se você estava procurando por universidades no Brasil para tentar a graduação e para se candidatar no processo seletivo do Sisu então precisa conhecer quais são aos 5 melhores do Brasil no ranking mundiais e minar as notas de corte para tentar a sua vaga. Afinal, as melhores são todas públicas.

Verifique cuidadosamente esta lista de melhores universidades no Brasil, incluindo as universidades mais baratas no Brasil para estudantes ou que sejam públicas. Se você fez o Enem 2019 já pode participar e basta ficar atento a divulgação de mais Informações sobre o Sisu 2020.

As 5 melhores universidades do Brasil

As seguintes universidades são consideradas como as melhores e melhores universidades do Brasil, especialmente para os estudantes internacionais que desejam expandir sua aventura de estudo para o Brasil. Algumas destas escolas também são bastante caras de assistir e exigirão uma bolsa ou uma preparação financeira adequada.

Universidade De São Paulo

O número um da nossa lista de universidades no Brasil é a famosa Universidade de São Paulo. Fundada em 1827, da Universidade de São Paulo-Universidade de São Paulo, é uma entidade pública de ensino superior localizada no meio urbano de São Paulo.
Localização: Rua da Reitoria 374 - Butantã
São Paulo
05508-220 São Paulo
Brasil
Pagamento de estudos: 0-1,000 US $
(0-750 Euro)
Nível de aceitação: O valor da taxa de admissão é 0-10%

Universidade de Brasília

Criada em 1962, a Universidade de Brasília-Universidade de Brasília é uma instituição pública de ensino superior localizada no ambiente urbano da cidade de Brasília. Classifica a 2 na lista de universidades no Brasil para estudantes internacionais no Brasil.
Escala do país: 2
Categoria mundial: 330
Localização: Campus Universitário Darcy Ribeiro, s / n - Asa Norte
Brasília
Distrito Federal 70910-900
Brasil
As taxas de matrícula: 0-1,000 US $Nível de aceitação: tem uma taxa de aceitação de 2% para estudantes internacionais e 12% no total.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Criada em 1934, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul, conhecido publicamente como a Universidade Federal do Rio Grande do Sul, é uma universidade pública no Brasil, localizada na cidade de Porto Alegre, e aberta a estudantes internacionais para estudar no Brasil.
Faixa de país: 3rd
Categoria mundial: 345thUbicación: Avenida Paulo Gama, 110 - Farroupilha
Porto Alegre
90040-060 Rio Grande do Sul
Brasil
As taxas de matrícula: 0-1,000 US $Nível de aceitação: 12%

Universidade Estadual de Campinas

Fundada em 1966, a Universidade Estadual de Campinas é um estudo no Brasil, instituição pública de ensino superior sem fins lucrativos, localizada na cidade de Campinas, e aberta a estudantes locais e internacionais.
Escala do país: 4
Categoria mundial: 384
Localização: Cidade Universitária Zeferino Vaz s / n - Barão Geraldo
Campinas
13083-970, São Paulo
Brasil
As taxas de matrícula: 0-1,000 US $Nível de aceitação: O intervalo de taxa de admissão é 0-10%, um dos mais difíceis na nossa lista de universidades em Brasil

Universidade Estácio de Sá

Fundada em 1970, a Universidade Estácio de Sá é uma organização sem fins lucrativos e uma das universidades privadas do Brasil, localizada no meio urbano do Rio de Janeiro. Os estudantes internacionais no Brasil são bem-vindos para aplicar.
Faixa de país: 5
Categoria mundial: 426
Localização: Avenida das Américas 4200 - Bloco 11 - Barra da Tijuca
Rio de Janeiro
22640-102 Rio de Janeiro
Brasil

As taxas de matrícula: Será revelado durante o processo de admissão.

Nível de aceitação: 30%

Como passar nos vestibulares da Argentina e estudar em Buenos Aires

Se bem que na Argentina os exames de admissão não são eliminatórios, mas nivelatorios, aprovação podem significar um grande avanço na sua carreira. É dizer, o seu lugar na corrida, já está assegurado pela entrada irrestrita previsto na Lei de Educação Superior 24.521, mas, não obstante, você vai ter que passar por um curso de ingresso anterior a seu ingresso na maioria das corridas do país. As matérias que você vai cursar fazem parte do currículo da carreira, por isso é importante aprovar.

Além disso, esses exames se preparam para a vida universitária e tudo o que esta implica. A seguir damos-lhe algumas dicas para que te prepares com sucesso para seus exames de ingresso à universidade:



1. Trate de obter exames de admissão de anos anteriores

Embora ainda não conhece, muitos estudantes da corrida, há sempre alguns dispostos a compartilhar seus exames ou trabalhos práticos. Às vezes até os mesmos professores partilham esta informação. Este conselho vai te servir para toda a carreira e com o tempo você vai encontrar a partilhar os seus.

2. Não se desespere

A transição do secundário para a universidade pode ser forte para algumas pessoas. De repente descubrís que as leituras são mais extensivas e os professores são mais exigentes. Se bem que pode parecer uma situação assustadora, não se desespere. Leva um tempo para se acostumar ao ritmo universitário e todos passam pela mesma situação. Simplesmente não deixe tudo para o último momento e preencha os trabalhos atribuídos.

3. Construa um grupo de estudo

Se bem que algumas pessoas preferem estudar por conta própria, às vezes é necessário contar com um grupo de apoio. Na entrada você vai conhecer ingresantes como você que podem contribuir com olhares e diferentes conhecimentos que possam ajudar nesta transição. Além disso, o apoio emocional de alguém na mesma situação pode ser de grande ajuda durante a época de exames.

4. Dê aulas

Em certas ocasiões, os ajudantes ou adscriptos oferecem tutoriais para ajudar os ingresantes com os exames ou as primeiras cursadas. Apesar de sentir que não tem perguntas a fazer, o melhor é ir e ouvir os outros. Nunca se sabe qual situação pode desencadear uma pergunta ou um debate que lhe sirva para compreender melhor um assunto.

5. Deixe passar algum tempo entre as suas horas de estudo

Preparar um exame universitário pela primeira vez pode ser muito estressante. Ainda quando sentir que não tem tempo para descansar, tomate um breve descanso. Segundo a Universidade de Harvard, passar muitas horas seguidas estudando não é benéfico. Ao contrário, uma mente limpa retém mais informações. Por isso, aconselha-se estudar em períodos de entre meia e uma hora e descansar por 10 minutos.

Reconhecendo a personalidade do signo de touro

Já namorou com alguém que optou pelo máximo, topo de gama, o melhor de tudo — comida, vinho, música, o que quer que seja? Não que te importasse. Afinal de contas, eles ficaram mais do que felizes em compartilhar essas coisas com você. Eram confiáveis e estavam sempre lá quando diziam que estariam? Eles são duros por fora, mas um grande romântico suave e tudo sobre sensibilidade Uma vez que você cavou um pouco mais fundo?
Quando chegou a hora de discutir, eles duraram um pouco mais do que o habitual? Porque, vá lá, uma vez que eles tenham uma ideia, não havia maneira de a mudarem? Eram demasiado teimosos. Provavelmente nasceram entre 20 de abril e 20 de maio sob o signo de touro. Sim, namorou ou namora com uma pessoa de touro.

Falei com astrólogos profissionais, autores best-sellers, e muito mais — para me dar uma melhor visão sobre por que os taurinps fazem grandes parceiros.
De acordo com informações, os Taurinos são mais compatíveis com seus outros signos terrestres como Capricórnios e Virgens. Eles também têm uma boa chance de amar arte e o que é glamuroso.
Os Taurus não são do tipo mutável. Há uma razão para serem tão conhecidos pela sua estabilidade.
São muito determinados. Mas isso não significa necessariamente que sejam chatos. Eles estão totalmente dispostos a experimentar coisas novas ... eles só precisam de um pouco de amor, e da pessoa certa.
Os Taurus têm tudo a ver com conforto. São pessoas muito caseiras que valorizam uma vida caseira feliz com uma relação estável e um parceiro. Amam as suas famílias e farão tudo o que puderem para te proteger.
São românticos sem esperança que tendem a procurar o seu grande "amor da vida. Taurinos só querem parceiros estáveis, leais, afetuosos e com classe. Na verdade, eles não se atiram apenas a relacionamentos. Eles gostam de levar o seu tempo e sentir a outra pessoa fora. Mas uma vez que eles estão dentro, eles estão completamente dentro, cem por cento.

Como funciona a personalidade das pessoas de touro? Veja aqui

Alguma vez já se perguntou como o signo de touro funciona?
Aqueles de nós que nascem sob o signo de touro são muitas vezes rotulados como muitas coisas que vão desde o temperamento curto até ao agressivo. No entanto, há muito mais na personalidade de touro do que ser apenas uma cabeça quente o tempo todo e eles possuem muitos traços e características únicas e distintivas que muitos não têm idéia sobre.
Então, para dar a vocês uma melhor compreensão do que realmente significa nascer sob o signo da Estrela de touro hoje, estaremos revelando 21 traços e características do "núcleo" que são comumente associados com a personalidade de touro.
1. O touro é geralmente muito frio e descontraído

Apesar da sua reputação de serem agressivos e zangados 24 horas por dia, o Touro é, na verdade, bastante frio e descontraído na maioria das vezes.
Eles têm um comportamento calmo e presença sobre eles e eles gostam de tirar tempo da rotina diária para relaxar e desfrutar da vida.
2. Mas touro não aceita brigas e devolve na mesma intensidade quando ofendido
Só quando o touro é provocado é que o seu lado agressivo tende a aparecer, mas quando isso acontece... bem, digamos que não vai querer estar no lado receptor.
Como o touro que representa o Touro, A sua raiva pode ser enorme e, quando são atacados, tendem a responder duas vezes mais forte e sem hesitação.
3. O touro é independente e incrivelmente autoconfiante
A personalidade de touro é comumente associada com características de independência e autoconfiança e por uma boa razão também.
Eles são auto-iniciantes e que não gostam de confiar nas esmolas dos outros... eles preferem fazer a sua própria sorte.
4. Touro é muitas vezes chamado para conselhos porque eles são cheios de senso comum.
O touro é bem conhecido pela sua mente prática e é por esta razão que muitas vezes se encontram a ser chamados por amigos e entes queridos que precisam de uma segunda opinião ou apenas alguns bons conselhos.
Quando surgem problemas, pode contar com Touro para lhe dar uma dose saudável de bom senso.

Quantos exames da OAB têm por ano?



O Exame da OAB é uma prova obrigatória que deve ser prestada por bacharéis e estudantes do último ano da graduação em Direito no Brasil. Ela avalia a capacidade, conhecimentos e práticas exigidos para exercer a advocacia.

O Exame de Ordem OAB é realizado, em média, duas vezes ao ano, organizado pela Fundação Getúlio Vargas. O candidato que irá prestar o Exame, deve realizar a prova no Conselho Seccional da OAB da unidade federativa na qual concluiu o curso de graduação ou na sede do seu domicílio eleitoral.

A prova é dividida em duas etapas:

Na 1ª fase são 80 questões de múltipla escolha, que abordam todo o conteúdo estudado no curso de graduação em Direito. As questões são distribuídas entre as seguintes áreas: Direitos Humanos, Código do Consumidor, Estatuto da Criança e do Adolescente, Direito Ambiental, Direito Internacional, Filosofia do Direito, Estatuto da Advocacia e da OAB, seu Regulamento Geral e Código de Ética e Disciplina da OAB.

Nesta etapa, cada questão vale 1 ponto, e é necessário acertar 40 ou mais questões para ser aprovado.

A 2ª fase é composta por uma prova específica, onde o bacharel em Direito deverá produzir uma redação de peça profissional e responder quatro questões discursivas sobre situações-problemas. A peça profissional vale 5 pontos e o candidato deve discorrer sobre um tema específico das áreas de Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito do Trabalho, Direito Empresarial, Direito Penal e Direito Tributário.

Nas questões discursivas o valor é de 1,25 ponto cada, e são apresentadas na forma de situações-problema. O candidato é avaliado levando em consideração a adequação das respostas ao problema apresentado.

Como se preparar para o Exame da OAB

Para garantir a carteirinha da OAB, o estudante de Direito, ou advogado já formado, precisa ser aprovado nas duas etapas do Exame de Ordem. Esse exame é a porta de entrada dos advogados na área profissional e por isso tem um destaque tão importante. Sendo assim, nada mais justo do que contar com algumas dicas de como estudar para a OAB.

Para estar bem preparado e seguro, o candidato precisa escolher o melhor curso preparatório OAB. Nesse sentido, os cursos online do Aprova Concurso são uma excelente opção para sua preparação. Com ele, você pode assistir as aulas e acessar os materiais de apoio no horário e local que desejar. Além disso, o custo é menor, em relação aos preparatórios presenciais.

Outra vantagem importante de ser destacada é que, nos cursos online, as videoaulas já são organizadas em formato de plano de estudos, você memoriza o conteúdo necessário para passar no Exame de Ordem, de forma rápida, direta, eficaz e sem perda de tempo.

Também é importante para a sua preparação treinar com questões e provas de exames anteriores para testar seus conhecimentos e diminuir o nervosismo e ansiedade que podem aparecer no dia do exame. Assim, você revisa os temas já estudados, tira dúvidas e ajusta o que for necessário para obter sua carteirinha da OAB.

Como o cinema e Hollywood foram inventados? Veja aqui!

Hollywood: talvez nenhum outro lugar na terra evoca o mesmo ar de magia e glamour do show-business. A Lenda de Hollywood começou no início do século XX e é uma marca da sociedade americana moderna rica em história e inovação.
A origem dos filmes e filmes começou no final de 1800, com a invenção de "motion toys" projetado para enganar o olho para ver uma ilusão de movimento a partir de uma exibição de quadros still em rápida sucessão. Em 1872, Edward Muybridge criou o primeiro verdadeiro "filme", colocando doze câmeras em uma pista de corridas e ajustando as câmeras para capturar fotos em sequência rápida como um cavalo cruzado na frente de suas lentes.
O primeiro filme para fotografia de movimento foi inventado em 1885 por George Eastman e William H. Walker, que contribuiu para o avanço da fotografia de movimento. Pouco tempo depois, os irmãos Auguste e Louis Lumiere criaram uma máquina de filmar à mão, que poderia capturar imagens e projetar ainda quadros em rápida sucessão.

Os 1900 foram um tempo de grande avanço para a tecnologia de cinema. A exploração para a edição, afloramentos e fluxo visual motivou os cineastas aspirantes a empurrar para um novo território criativo. Um dos primeiros e mais famosos filmes criados durante este tempo foi o Grande Roubo de trem, criado em 1903 por Edwin S. Porter.
De acordo com a indústria mito, o primeiro filme feito em Hollywood foi Cecil B. DeMille O Squaw Man em 1914, quando o seu diretor decidiu de última hora para atirar em Los Angeles, mas Na Antiga Califórnia, um anterior filme de DW Griffith, que tinha sido filmado inteiramente na aldeia de Hollywood, em 1910.
Hollywood foi o berço dos estúdios de cinema, que eram de grande importância para a imagem pública americana na indústria cinematográfica. As primeiras e mais abastadas empresas de cinema foram Warner Brothers Pictures, Paramount, RKO, Metro Goldwin Meyer e 20th Century Fox, cada um dos quais possuía seus próprios conjuntos de produção de filmes e estúdios. Universal, United e Columbia Pictures também foram considerados notáveis, apesar de não possuir seus próprios cinemas, enquanto Disney, Monogram e Republic foram considerados de terceiro nível. Assim como hoje assistimos novelas de qualidade, na época também se priorizava isso.

Julia Roberts: a história por trás dessa grande atriz

Nascida em 28 de outubro de 1967, em Smyrna, Geórgia, Julia Roberts fez sua estreia na série de televisão Crime Story (1986-88). Ela estrelou em Steel Magnolias em 1989, ganhando uma indicação ao Oscar por sua performance. Um de seus papéis mais emblemáticos foi em "Pretty Woman" (1990), com o ator Richard Gere. Roberts eventualmente ganhou um Oscar por seu papel principal em Erin Brockovich (2001). Ela é conhecida por ser um dos atores mais bem pagos e os maiores ganhadores de bilheteria em Hollywood.

Julia Fiona Roberts nasceu em 28 de outubro de 1967, em Smyrna, Geórgia, a mais nova de três crianças e rodeada por indivíduos criativos. Seus pais eram ambos atores que dirigiam uma oficina para aspirantes a escritores e artistas até seu divórcio em 1971. Inicialmente Roberts queria se tornar uma veterinária, mas ela abandonou esse sonho quando ela percebeu que ela tinha "uma incapacidade de lidar com a ciência. Depois de se formar no ensino médio em 1985, Roberts mudou-se para Nova York para viver com sua irmã, Lisa, que, juntamente com o irmão de Roberts, Eric, estava perseguindo uma carreira de atriz.
Em Nova Iorque, Roberts também se juntou ao negócio da família, aparecendo como convidado na série de televisão Crime Story (1986-88). Ela realmente chamou a atenção do público, no entanto, como a selvagem, mas vulnerável Daisy na Mystic Pizza (1988). No ano seguinte, Roberts cimentou seu status como uma estrela em ascensão em Steel Magnolias (1989), aparecendo ao lado de lendas atuantes como Shirley MacLaine e Sally Field, e ganhando uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante.
Depois disso, a carreira do Roberts decolou. Ela interpretou uma prostituta que se apaixona por um cliente (Richard Gere), estourando na bilheteria com Pretty Woman (1990). Por sua atuação convincente, Roberts recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz. Ela seguiu esse papel com alguns erros na carreira: Dying Young (1991) recebeu críticas mistas, assim como Hook (1991), que revisitou a história de Peter Pan. Ambos os filmes também provaram ser decepções na bilheteria. Nessa mesma época, Roberts cancelou seu casamento com o ator Kiefer Sutherland, sua co-estrela em 1990, poucos dias antes da cerimônia ser marcada para acontecer.